jump to navigation

Coisas úteis April 5, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
1 comment so far

 

Procura a fnac? February 9, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

Compre na Bertrand.

dsc01038.jpg

Efeitos nocivos? February 7, 2008

Posted by Catarina in Perspectives, Private.
add a comment

“Iniciada a conferência, a Senhora Conservadora tentou a conciliação dos cônjugues, advertindo-os dos efeitos nocivos do divórcio. Porém, não foi possível a reconciliação persistindo aqueles no firme propósito de se divorciarem….”

Mutilação genital feminina February 7, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

Enquanto estava a ver o telejornal descobri que hoje é o dia da tolerância zero para com a mutilação genital feminina.

É do conhecimento geral as consequências e as condições em que o acto é praticado. Contudo o que não é assim tão conhecido são as razões para que seja praticado. Decidi por isso recolher alguma informação.

Motivos culturais:

. “As mulheres que não são excisadas não prestam”

. Acredita-se que melhora a fertilidade, desencoraja a promiscuidade sexual e aumenta a oportunidade da menina se casar.

. Obriga a mulher a ser fiel ao marido.

. As mães acham que quando algo se passa de mal na vida das filhas “pode ter a ver com o facto de a criança não ter sido excisada”.

Motivos religiosos:

. ” Abraão casou com a bela mas estéril Sara. Foi ela própria que lhe sugeriu que tomasse outra mulher, que lhe desse descendentes. Abraão escolheu Agar, a escrava egípcia, que engravidou. […] Sara, apercebendo-se do interesse crescente de Abraão por Agar, virou a sua ira contra a escrava, mutilando o seu órgão sexual.”

Conclusão:

Os motivos culturais só revelam estupidez pois as mulheres são excisadas para as obrigar a ser fieis e depois a frígidez ou a infertilidade leva muitos maridos a evitar o relacionamento sexual com as esposas e a procurar relacionamentos extra-conjugais.

Os motivos religiosos também não suportam esta prática, pois a escrava era fértil antes de Sara a ter mutilidado. (Provavelmente depois é que já não)

No comments..

Conversas em paragens de autocarro February 2, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

“Sabe o que é que acho das pessoas que não acreditam em deus? Acho que se devem sentir muito sozinhas.”

Pessoalmente, prefiro a solidão a amigos imaginários.

Poligamia & homossexualidade January 23, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

“Porque somos tão condescendentes com a homossexualidade e nada condescendentes com a poligamia?”

Eu sou condescendente com a poligamia. Assim como o sou com a homossexualidade. Mas sou contra a limitação da liberdade individual. O problema reside no facto de historicamente a poligamia ser uma opção unilateral. Tal como não há a obrigação de gostar de pessoas do sexo oposto, também nada obriga as pessoas a amarem-se aos pares.

Psicologia inversa January 22, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment
dsc01019.jpg

Que raio de gato é este? January 17, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

http://arcadenoe.sapo.pt/video.php?id=376

Terá sido geneticamente modificado?

Não, não estou a ver o site. Estou dentro do site da optimus. January 16, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

http://nova.optimus.pt/

Optimus January 14, 2008

Posted by Catarina in Perspectives.
add a comment

Dia 16, as chamadas entre optimus são grátis.Boas notícias.